fechar

Programação digital

Cinema

Festival Cinema e Transcendência

Programação digital

fictlogo

A oitava edição do Festival Cinema e Transcendência, a segunda realizada 100% online, apresentará 15 filmes selecionados que refletem o propósito que norteia o festival desde a sua criação: a busca da transcendência através da arte, da cultura e da vida.

O Festival acontece de 01 a 12 de dezembro de 2021 de forma gratuita e lança vários filmes no Brasil, dentre eles o tão esperado “Meeting the Beatles in India” sobre a estada do grupo em retiro espiritual no país, momento meditativo em que nasceram canções como “My Sweet Lord” e uma live inédita com o diretor do filme, o canadense Paul Saltzman, que esteve com os ícones na Índia no final dos anos 60.

Além dos filmes, o evento realizará lives com diretores e temas relacionados aos filmes desta edição no YouTube do Banco do Brasil e do Festival.

Site oficial da mostra: festivalcinemaetranscendencia.com

Programe-se e não perca!

Sinopses


    Samadhi Road (estreia) | 01 e 09 de dezembro
    Direção: Daniel Hey & Julio Hey, documentário, 90 min, 2021, Brasil, Livre

    Samadhi Road narra a jornada de dois jovens irmãos que, em busca de sabedoria, autoconhecimento e espiritualidade, decidem levar perguntas atemporais a personalidades como Gilberto Gil, o saxofonista Sonny Rollins, a filósofa Agnes Heller e o líder espiritual Mooji. Desenhando um paralelo entre as primeiras experiências dos irmãos na Índia, ainda na infância, e a jornada interior dos entrevistados, o filme promove uma experiência imersiva em questões universais da vida humana.

    In the Fire of Dancing Stillness | 02 de dezembro
    Direção: Renata Keller, documentário, 110 min, 2020, Alemanha/Suíça, Livre  

    É possível viver uma vida mais pacífica e criativa em nosso planeta? Numa época em que o estado do planeta coloca questões importantes: Quanto vale a vida para nós? E o que ainda consideramos sagrado? Essas perguntas inspiraram a Diretora a encontrar a mística, filósofa e ativista popular indiana Vimala Thakar (1921 – 2009). Foi um encontro que a inspirou profundamente e mudou sua vida e, vinte anos depois, ela traduz seu pensamento em uma obra cinematográfica. 

    Meeting the Beatles in India (estreia) | 03 e 12 de dezembro
    Direção: Paul Saltzman, documentário, 82 min, 2020, EUA, Livre 

    O cineasta Paul Saltzman refaz sua jornada de 50 anos atrás, quando passou um período transformador de vida com os Beatles no ashram do Maharishi Mahesh Yogi, nas margens do rio Ganges. Em 1968, ele descobriu sua própria alma, aprendeu meditação, o que mudou sua vida, e conviveu com John, Paul, George e Ringo. Cinquenta anos depois, ele conecta-se com David Lynch sobre sua própria jornada interior, entre outros, que contribuíram para a realização deste filme, narrado por Morgan Freeman. 

    Mission JOY: Finding Happiness in Troubled Times (estreia) | 04 e 10 de dezembro
    Direção: Louie Psihoyos e Peggy Callahan, documentário, 90 min, 2021, EUA, Livre 

    Profundamente comovente e divertido, Mission: Joy é um documentário sobre a amizade de dois ícones internacionais que transcendem a religião: Sua Santidade o Dalai Lama e o Arcebispo Tutu, que se autodenominam irmãos travessos e ensinam sobre como criam alegria em um mundo que nunca foi fácil para eles. Inspirado no best-seller “O Livro da Alegria: Felicidade Duradoura em um Mundo em Transformação”, o filme mostra o intercâmbio entre esses dois ganhadores do Prêmio Nobel da Paz. 

    Agniyogana | 05 de dezembro
    Direção: Emma Balnaves, documentário, 64 min, 2019, Austrália, Livre 

    AGNIYOGANA é uma investigação meditativa sobre a arte perdida do Hatha Yoga clássico. Oferecendo uma colagem experiencial de ação e quietude, luz e escuridão, som e silêncio, AGNIYOGANA explora a riqueza dos ensinamentos tradicionais do Hatha Yoga. AGNIYOGANA leva o espectador em uma jornada através do tempo e espaço para redescobrir as dimensões internas do Hatha Yoga e o verdadeiro significado de “yuj,” (ioga). 

    Tenzo | 06 de dezembro
    Direção: Katsuya Tomita, documentário, 60 min, 2019, Japão, Livre 

    Dois jovens monges, Chiken e Ryugyo, retornam aos seus templos após completar seu aprendizado de treinamento no dojo da escola budista Soto. Dez anos depois, enfrentando a crise socioeconômica pós-Fukushima, os dois monges assumiram um papel mais comunitário. Chiken é voluntário em uma linha direta de prevenção ao suicídio ensinando que a sincronicidade da comida e da natureza têm impacto positivo na saúde das famílias. Ryugyo conforta as vítimas que vivem em abrigos temporários em regiões devastadas pelo tsunami e ajuda a limpar os escombros como trabalhador da construção civil. 

    Beijing Spring (estreia) | 07 de dezembro
    Direção: Andy Cohen, documentário, 100 min, 2021, EUA, 12 anos 

    Após a morte de Mao terminar com a brutal Revolução Cultural, fazendeiros e trabalhadores de fábrica vêm ao Muro da Democracia para exigir prestação de contas pelas dezenas de milhões que ele assassinou e encarcerou. Artistas e escritores rebeldes se reuniram para lutar pela liberdade de expressão até o novo governo reprimir com duras sentenças de prisão e forçar o exílio. 

    The Way of the Psychonaut | 08 de dezembro
    Direção: Susan Hess, documentário, 86 min, 2020, EUA, 12 anos 

    Você já explorou a verdade e descobriu algo muito mais profundo sobre você e o universo? Foi exatamente o que aconteceu com a cineasta Susan Hess Logeais. Durante grande parte de sua vida enfrentou crises pessoais, até que aprendeu como se conectar com os aspectos místicos da consciência. Encontrou como guia o psiquiatra Stanislav Grof, pioneiro da psicoterapia psicodélica, que descobriu o poder de cura de estados incomuns de consciência por meio de 60 anos de pesquisa e experiência pessoal.  

    Andrei’s Maria | 11 de dezembro
    Direção: Ingela Johansson, documentário, 40 min, 2017, Suécia, Livre 

    A atriz Guðrún Gísladóttir, de “O Sacrificio”, de Andrei Tarkovsky, retorna à ilha sueca de Gotland, locação do filme, trinta anos após a gravação, acompanhada de sua filha. É uma interpretação e uma homenagem à personagem Maria, uma feiticeira destinada a salvar o mundo de um desastre nuclear. 

    Death Makes Life Possible | 11 de dezembro
    Direção: Mark Krigbaum, documentário, 60 min, 2013, EUA, 12 anos 

    A morte é algo que a maioria das pessoas teme e não quer pensar. Mas é possível que enfrentar nossa mortalidade possa nos inspirar a viver nossa vida de maneira mais plena? Este filme segue a antropóloga cultural e cientista Marilyn Schlitz, Ph.D., enquanto ela explora os mistérios da vida e da morte a partir de uma variedade de perspectivas e tradições mundiais. O filme examina como a cultura popular lida com o medo sempre presente que muitos têm sobre nossa própria mortalidade e explora o significado da morte e como podemos aprender a viver sem medo.  

    Galeria